quinta-feira, 24 de março de 2011

Ódio de estimação

Esta pode bem tornar-se uma nova rubrica, mas é claro que há regras até para quem nutre ódios de estimação.


Por exemplo, posso odiar carne de vaca, vacas em geral, mas não me importar de usar um malote de pele de vaca da bimba&lola. Este não é um ódio de estimação.
Um ódio de estimação é aquele que se vai alimentando, dia após dia, aumentando as doses recomendadas até colidir num colapso nervoso. Lembram-se do momento do ódio no 1984? É mais ou menos isso.


E o prémio de ódio de estimação vai para... a CP. Estou farta das greves, dos comboios que diz que há e não há, os horários loucos, a falta de cumprimento dos serviços mínimos, etc. Sou bem capaz de ser despedida por justa causa se continuar a chegar atrasada ao trabalho todo o santo dia. E da minha residência também.


Amanhã há mais.

2 comentários:

  1. Também já estou mais que farta! Pior, recusam-se a reembolsar os dias perdidos, e eu continuo a pagar e a gastar gasolina assim desta maneira...

    ResponderEliminar
  2. Olá :)
    Comecei um blog para vender algumas coisas novas e em 2a mão que já não uso, e estou a oferecer algumas coisinhas!

    Para participar:

    http://getoutofmycloset.blogspot.com/2011/04/giveaway.html

    beijinhos*

    ResponderEliminar

Sobre nós: Somos três e 300% o mais possível...