sexta-feira, 26 de março de 2010

É a cinco...



A Triumph acabou de lançar uma campanha muito apelativa. Damos os nossos soutiens velhos, de elásticos frouxos, alças pêrras, almofadas quebradas, arames partidos, tecido gasto e ainda nos dão... 5€?


SOLD!


Claro, tudo tem um quê, e aqui temos de adquirir um fantástico Triumph pelo preço mínimo de 22€. Tudo para ficarmos mais confortáveis!


Mas... e este anúncio que anda por todo o lado a desviar olhares curiosos? Acho que merece uma análise profunda, uma espécie de desconstrução da obra em si, como fazíamos com os poemas do Alberto Caeiro & Companhia no 12.º ano (isto para quem teve Português A).
  1. Em primeiro lugar, o que é que se passa com a Flor, a primeira modelo portuguesa na VOGUE? Será que ela se olha e acha que está bem? Realmente o money cash paga tudo.


  2. Em segundo lugar, a Flor é a mais alta e por isso teve de enfiar um chanato raso. Como se nós fôssemos parvas...


  3. Terceiro: o que se passa com a produção da Triumph que não reparou que há dois soutiens iguais neste anúncio? Não havia necessidade.


  4. Quarto: porque estão elas todas apertadas, numa foto que transmite um ar decsonfortável, como quem diz: "tirem lá essa pic, dá cá o meu". Random...


  5. Quinto: aquele carro de 76 tem um ar de quem saiu do stand agora. Fake, fake, fake.


Mas apesar de tudo isto, o evento do lançamento desta campanha é que foi.

And the winner is...




TROCA, TROCA, TROCA... please!

1 comentário:

  1. Que medo ... mto bem sacada esta rubrica senhora 300%

    ResponderEliminar

Sobre nós: Somos três e 300% o mais possível...